O PROBLEMA: A SULFATAÇÃO

Hoje em dia cerca de 70% e 80% das baterias ácido chumbo são substituídas desnecessariamente antes do tempo, devido à sulfatação que se produz nas placas ácido chumbo.

A sulfatação é uma reacção eletroquímica que se produz quando se descarrega uma bateria. Durante a sua utilização e mesmo em modo estacionário a bateria contém ácido sulfúrico ativo entre as suas placas internas. Esta reacção gera energia em forma de corrente elétrica que por sua vez transforma a composição química do ácido por influência do contacto com as placas de chumbo formando um resíduo sólido(sulfato de chumbo).

 

Por fim, a perda de ácido sulfúrico diminui a densidade do electrólito, que é convertido em água.

Durante a descarga o ácido sulfúrico em estado líquido torna-se sólido o que confere à densidade do eletrólito uma leitura específica. No entanto, depois de usar a bateria por um tempo, o cumprimento dos procedimentos de carga e respetiva transformação de resíduos sólidos em cristal líquido novamente, não permite que o sulfato de chumbo retorne totalmente ao estado líquido (100%).

Partes do sulfato de chumbo ficam agarrados às placas ou então caem para o fundo da estrutura da bateria.

 

 

A sulfatação reduz a concentração do eletrólito e consequentemente a voltagem da célula reduz-se também.

Esta constante sulfatação resulta numa maior resistência nas reacções químicas dentro da bateria que se reflete num aumento de temperatura. Estas temperaturas altas aceleram ainda mais a seca no interior da bateria, resultando daí as falhas prematuras na bateria.

Esta acumulação contínua de sulfato de chumbo debilita e sufoca a bateria.

A solução para o problema da sulfatação que ocorre com naturalidade nas baterias passa por uma descristalização do sulfato de chumbo presente nas placas e estrutura interna da bateria e a regeneração restaurará as propriedades energéticas originais.

 

 

Fotos microscópicas de placa sulfatada, parcialmente sulfatada e sem sulfatação.

 

-A falta geral de capacidade (potência de entrega)

 

-Um aumento da temperatura da bateria durante a carga ou durante a descarga

 

-Um forte cheiro a gás de hidrogéneo durante a carga ou durante a descarga

 

-A necessidade de acrescentar água mais frequentemente 

 

-Aumento rápido de voltagem da bateria durante a carga (caso tenha carregador).

 

 

Fazemos comércio e serviços de regeneração para todo tipo de baterias, aluguer de equipamentos

  • w-facebook

Vamos reduzir a pegada  ecológica